Responsabilidade Social Responsabilidade Social
 

Responsabilidade Social

Como funciona

As Escolas da FADERGS, continuamente, proporcionaram diversas atividades para os alunos, incluindo atividades de responsabilidade social e levando a reflexão para um mundo com mais colaboração e pensamento no coletivo. Inúmeros são os atendimentos gratuitos feitos e serviços prestados à pessoas em situação economicamente vulnerável que não teriam como pagar pelos benefícios prestados, ainda, arrecadações são feitas junto à comunidade acadêmica e doações realizadas junto à comunidades em situação de vulnerabilidade social que, também, recebem ações de atendimento in loco da instituição.

Responsabilidade Social

Saiba tudo sobre nosso
Responsabilidade Social

  • Extensão

    • Saiba mais

      A Extensão da FADERGS é a conexão da instituição com a comunidade externa e, neste seu papel de “ponte”, desenvolve muitas atividades, eventos e atendimentos para o bem comum do mundo ao qual se integra.

      Além disso, com o objetivo de criar um impacto positivo na sociedade, a Extensão da FADERGS, como parte de um processo de desenvolvimento, coloca na sua comunidade acadêmica para debate pleno, temas essenciais como meio ambiente, cultura, direitos humanos e discute maneiras de termos uma sociedade mais justa e, ao mesmo tempo, economicamente próspera com o objetivo de estimular em todos, um comportamento, socialmente responsável, como sendo o principal agente de mudança para um mundo melhor

      Diante de todas essas ações a FADERGS, mais uma vez, reforça o cumprimento da sua missão junto à sociedade.

      Selo FADERGS Instituição Socialmente Responsável

    • Projeto Diversidade e Inclusão nas Organizações

      Apresentação
      O projeto de extensão Diversidade e Inclusão nas Organizações nasce com a finalidade de propor ações de intervenção e de fortalecimento da diversidade e da inclusão com jovens participantes de projetos sociais em Porto Alegre voltadas à preparação, ao ingresso e à permanência desses jovens no mercado de trabalho; e intenta também propor e implementar ações orientadas aos discentes da FADERGS voltadas à discussão da diversidade e inclusão no ambiente organizacional (gestão, pessoas e processos).

      Público alvo
      Discentes da FADERGS e jovens participantes de projetos sociais: Centro de Promoção da Criança e do Adolescente (CPCA) e Centro de Educação Profissional São João Calábria (Calábria).

      Objetivos
      Objetivo Geral
      Propor ações de intervenção e de fortalecimento da diversidade e da inclusão com jovens participantes de projetos sociais em Porto Alegre voltadas à preparação, ao ingresso e à permanência desses jovens no mercado de trabalho; e propor e implementar ações orientadas aos discentes da FADERGS voltadas à discussão da diversidade e inclusão no ambiente organizacional (gestão, pessoas e processos).

      Evidências
      Acesse aqui evidências do projeto.

    • Projeto Voltar a Confiar

      Apresentação
      O Programa Voltar a Confiar integra as ações envolvendo Práticas Restaurativas vinculadas a Escola de Formação Jurídica desde 2018-1, coordenado, atualmente pela Professora Gabrielli Amaral de Souza. Tendo origem no Chile, o Programa Voltar a Confiar, foi implementado pela primeira vez no Brasil, na cidade de Porto Alegre, no ano de 2015, por iniciativa da Vara de Execução de Penas e Medidas Alternativas – VEPMA do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul. Atualmente, o Programa funciona no FORO Central, prédio I, na Comarca de Porto Alegre e conta com uma equipe multidisciplinar formada por psicólogos, assistentes sociais e acompanhada pelos discentes voluntários da Escola de Formação Jurídica da FADERGS a partir do convênio firmado entre a Instituição de Ensino Superior e o Poder Judiciário do Estado do Rio Grande do Sul, com a proposta de oferecer cooperação técnica, acadêmica e científica aos apenados em liberdade condicional do sistema prisional gaúcho. As atividades são iniciadas a partir da seleção, mediante edital, dos alunos voluntários interessados em participar do Programa que frequentam reuniões de capacitação para, após, iniciarem o estágio voluntário na Vara de Execução de Penas e Medidas Alternativas.

      Público alvo
      O Programa se destina a homens e mulheres que saíram do Sistema Penitenciário, em razão de estarem em situação de Livramento Condicional ou por já terem cumprido integralmente a sua pena.

      Objetivos
      a) análise de processos de execução criminal, na VEPMA, identificando os apenados que poderão integrar o Programa Voltar a Confiar;
      b) levantamento de dados e organização de planilhas de controle;
      c) auxílio no contato com os egressos do sistema carcerário e familiares;
      d) orientação jurídica aos egressos;
      e) realização do acompanhamento e o controle da execução do Programa junto à comunidade e aos apenados;
      f) participação em oficinas e capacitações técnicas que foram ofertadas pelo Programa.

      RESULTADOS

      Os resultados alcançados ocorrem de maneira sistemática sempre que os assistidos são atendidos no Programa Voltar a Confiar, momento o qual cria-se de imediato uma rede capaz de garantir os direitos de cidadania e a inclusão social dos egressos do sistema penitenciário. A partir do desenvolvimento das atividades que propiciam:

      Resultados
      a) Resgatar os vínculos familiares;
      b) Restabelecer os vínculos com a comunidade local;
      c) Estabelecer interlocução com os órgãos que executam as políticas públicas;
      d) Integrar o indivíduo novamente em sua comunidade local;
      e) Trabalhar criticamente e cientificamente a questão dos estigmas;
      f) Inserir os assistidos no mercado de trabalho;
      g) Propor um repensar sobre a prática delitiva;
      h) Auxiliar no resgate da autoestima;
      i) Analisar conceitualmente a conjuntura socioeconômica que envolve a questão do crime;
      j) Buscar a emancipação social e econômica dos liberados condicionais e seus respectivos familiares.

    • Programa de mediação de conflitos e acesso à justiça

      Apresentação
      O Programa de Extensão, “Programa de mediação de conflitos e acesso à justiça”, faz parte do PROGRAMA INSTITUCIONAL DE APOIO A PROGRAMAS DE PROJETOS DE EXTENSÃO desde 2018-2.

      O presente programa advém do convênio firmado entre o Centro Universitário FADERGS e a Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul, em 2017-2, que tem por objeto estabelecer condições de cooperação e apoio técnico entre os partícipes para a implantação do Projeto de Mediação visando solucionar conflitos ainda não judicializados, no Centro de Referência em Mediação e Conciliação – CRMC, atualmente Câmara de Autocomposição de Conflitos Familiares – CAC, em Porto Alegre.

      Para que as atividades iniciassem em 2018-1, foram selecionados alunos voluntários que já tivessem concluído ou estivessem matriculados na disciplina de Estágio de Prática Supervisionada – Mediação, Conciliação e Arbitragem para participarem de uma capacitação em mediação de conflitos, com ênfase em mediação familiar, ministrada pela Professora Ana Carolina Quintela.

      Após a capacitação, os alunos iniciaram os atendimentos no CRMC (atividade prática supervisionada) e encontros de supervisão para avaliação dos atendimentos realizados e para formação continuada dos alunos. Todas as etapas se repetiram ao longo dos semestres após a aprovação no PROGRAMA INSTITUCIONAL DE APOIO A PROGRAMAS DE PROJETOS DE EXTENSÃO e permanece vigente.

      O programa possibilita que os alunos tenham experiência prática em atendimentos de mediação, oportunidade em atuar em uma política pública, desenvolver habilidades e competências profissionais e acadêmicas.

      O programa está vinculado ao Departamento de Mediação e Métodos Adequados de Solução de Conflitos do Núcleo de Prática Jurídica.

      Público Alvo
      Assistidos da Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul

      Objetivos
      • Realizar atendimentos de mediação familiar na Câmara de Autocomposição de Conflitos Familiares – CAC da Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul.
      • Capacitar os alunos em medição de conflitos, com ênfase em mediação familiar;
      • Desenvolver habilidades autocompositivas;
      • Promover a disseminação da cultura de autocomposição e acesso à justiça por meio da mediação.

      Resultados
      Resultados para os assistidos da Defensoria Pública do Rio Grande do Sul atendidos pelos alunos voluntários na CAC:
      a) Autonomia na busca pela resolução dos conflitos;
      b) Restabelecimento dos vínculos familiares;
      c) Resgate da comunicação;
      d) Acesso à justiça por meio de atendimento humanizado;
      – Quanto aos resultados obtidos para os alunos:
      Viabilizar aos alunos o contato com a prática real de atendimento de mediação em nível de atividade extensionista com impacto social relevante; desenvolvimento de habilidades e competências profissionais e acadêmicas. Ainda:
      a) Capacitação técnica;
      b) Realizar atividade voluntária em uma Política Pública;
      c) Colocar em prática as técnicas de autocomposição;
      d) Reconhecer os desafios de uma profissão;
      e) Trabalhar em equipe;
      f) Compartilhar experiências;

    • Conheça a Extensão

      A Extensão constitui junto com o Ensino e a Pesquisa o tripé que sustenta uma Instituição de Ensino Superior (IES). Desses três, é papel da Extensão promover a interação entre a IES e os diversos segmentos da sociedade, bem como a inter-relação entre as diversas áreas de conhecimento. A Extensão é a ponte que aproxima a instituição da comunidade.

      A extensão visa proporcionar uma visão para além da sala de aula na graduação e pós-graduação, possibilitando a aplicação do conhecimento teórico, e contribuindo para o desenvolvimento do pensamento integrado entre teoria e prática. Através das ações de Extensão, a IES busca envolver o estudante em trocas com a sociedade, nas mais diversas áreas do conhecimento, contribuindo para um ensino multidisciplinar e transdisciplinar.

      As atividades de Extensão oportunizam um ciclo de conhecimento, através da experiência na prática, criando um espaço de benefício mútuo tanto para os alunos como para a sociedade, proporcionando, assim, um aprimoramento e a renovação da produção do conhecimento.

      Coordenação Geral de Extensão:
      Prof. Me. Rodrigo Dalcin.

      Coordenação por Escolas:

      Escola de Negócios
      Profa. Me. Carmem Lucia Castro da Cruz
      E-mail: [email protected]

      Escola de Formação Jurídica
      Profa. Esp. Ana Carolina Quintela
      E-mail: [email protected]

      Escola de Saúde e Bem Estar
      Profa. Me. Roberta Boldrini
      E-mail: [email protected]

  • Serviços para a Comunidade

    • Serviço de Psicologia

      O que é o Serviço de Psicologia da FADERGS?
      Para os acadêmicos do Curso de Psicologia do Centro Universitário Fadergs: o serviço é um campo de estágio curricular supervisionado interno para os alunos que oportuniza o reconhecimento da diversidade teórico-prática nas diferentes áreas da Psicologia e a integração de seus conhecimentos.

      Para a Comunidade Externa: O Serviço de Psicologia é um espaço de referência em promoção e produção de saúde mental para as demandas psicológicas da comunidade.

      Como os acadêmicos podem fazer parte da equipe do Serviço de Psicologia?
      A participação dos acadêmicos, está condicionada a aprovação em processo seletivo que será divulgado por meio de Edital institucional. Os alunos devem estar atentos as comunicações internas.

      Alunos e funcionários do Centro Universitário Fadergs podem ser atendidos no Serviço de Psicologia?
      Por questões éticas, alunos ou funcionários da Fadergs não podem ser atendidos no Serviço.

      Qual tipo de Serviço é oferecido?
      • Atendimento de acolhimento/triagem;
      • Atendimento Psicoterápico;
      • Plantão Psicológico;
      • Atendimento em Grupos;
      • Avaliação Psicológica para pacientes em atendimento;
      • Consultoria em Psicologia Escolar.

      Quero agendar um horário para atendimento, como devo fazer?
      Envie e-mail para: [email protected]
      Ou ligue para: (51) 3079.9361 em horário comercial

    • Núcleo de Prática Jurídica

      O Núcleo de Prática Jurídica (NPJ) é órgão da Escola de Formação Jurídica do Centro Universitário – Fadergs, vinculado à Coordenação do Curso de Direito, cujos objetivos são os de proporcionar aos alunos a realização do estágio de prática jurídica simulada e real, por meio do atendimento jurídico gratuito à comunidade desassistida de Porto Alegre.

      O NPJ é composto por um Escritório Modelo, que dá apoio às disciplinas de prática supervisionada, Departamento de Mediação e Soluções Alternativas de Conflitos e Departamento de Ações Coletivas, contando com estrutura física que contempla, além do Escritório Modelo: laboratório de prática, salas de atendimento individuais e coletivas, sala de atividades práticas simuladas e reais para realização de audiências e sessões de mediação.

      Áreas de atuação e requisitos para o atendimento
      Áreas de atuação do Núcleo de Prática Jurídica (NPJ): Civil, Família, Mediação e Trabalho (prática real) e Planejamento Empresarial e Tributário e Direito Penal (prática simulada). Requisitos para o atendimento:
      • Não possuir rendimentos superiores a dois salários mínimos mensais;
      • Ser residente em Porto Alegre e/ou que a ação apurada deva ser proposta ou contestada na Capital.

      Supervisão e Equipe

      Supervisão
      O Núcleo de Prática Jurídica (NPJ Fadergs) tem no cargo de Supervisor Geral o Coordenador do Curso de Direito – Prof. Jeferson L. Dutra.
      A coordenação do Núcleo é exercida pela Profª. Gabrielli F. Amaral de Souza.

      Professores orientadores
      Os professores orientadores são: Ana Carolina Quintela, Ana Regina Squefi, Felipe Ferraro, Gabrielli F. Amaral de Souza e Rodrigo Moretto.

      Departamentos
      • Práticas Restaurativas;
      • Mediação e Métodos Adequados de Solução de Conflitos;
      • Ações Coletivas.

      Atendimento
      • Direito do Trabalho: Terças-feiras pela manhã e noite;
      • Direito Civil e Consumidor: Quartas-feiras pela manhã e noite;
      • Família e Mediação de conflitos: Quintas-feiras pela manhã e noite.

      Nossa sede é na Galeria Luza, Rua Marechal Floriano Peixoto, 185 – Centro Histórico – Porto Alegre/RS
      Estamos marcando agenda através do WhatsApp do NPJ: (51) 99675-7289 – via mensagem.
      Nos siga nas redes sociais: @npj.fadergs e @fazfadergs.

      Regulamento Interno do NPJ e Regulamento das disciplinas
      • Regimento Interno do NPJ clique aqui
      • Regulamento das disciplinas de Estágio de Prática clique aqui

      Editais 2022/1
      • Edital nº 05-2022/1
      Trabalho voluntário – capacitação EaD – programa mediar nas delegacias de polícia
      Acesse aqui o edital

      • Edital nº 06-2022/1
      Seleção de alunos para o departamento de ações coletivas DAC do núcleo de prática jurídica nº 06-2022/01
      Acesse aqui o edital

      • Edital nº 05-2022/1
      Seleção de alunos para o departamento de mediação e métodos adequados de solução de conflitos núcleo de prática jurídica- 2022.1
      Acesse aqui o edital

      Parcerias
      Parcerias do NPJ Fadergs

    • Núcleo de Atendimento Fiscal e Contábil

      O curso de Ciências Contábeis retornou os atendimentos gratuitos à comunidade, realizados pelo NAF/NPN Contábeis da FADERGS.

      O NAF é um projeto desenvolvido pela Receita Federal em parceria com a FADERGS, cujo objetivo é oferecer serviços contábeis e fiscais gratuitos para pessoas físicas e jurídicas de menor poder aquisitivo. É uma proposta que busca trazer cidadania às comunidades atendidas e treinamento diferenciado aos estudantes do Curso de Ciências Contábeis, valorizando e promovendo o conhecimento contábil através da prática.

      O NAF da FADERGS realiza atendimentos por meio de seu “Escritório Modelo” e os serviços disponibilizados são:
      • MEI-Microempreendedor Individual: Formalização, alteração e baixa da empresa; Declaração Anual de Faturamento e demais serviços disponíveis no Portal do Empreendedor;
      • Declaração Anual do Simples Nacional;
      • Procedimentos e orientações para alteração de enquadramento tributário;
      • Declaração do Imposto de Renda PF: preenchimento e orientações sobre isenções por conta de moléstia grave;
      • eSocial-Empregador Doméstico: eventos a serem enviados e prazos de transmissão;
      • IPI e IOF: instruções de isenções, compensações, restituições e recolhimento;
      • Cadastro e regularização CPF, CNPJ e CEI;
      • Emissão das Certidões Negativas de Débitos PF e PJ;
      • Parcelamentos e instruções de realocações de pagamentos de tributos federais;
      • Preenchimento PER/DCOMP;
      • Cadastro e emissão de Certificação digital;
      • Constituição e Encerramento de empresas: confecção do processo de constituição de empresas e distrato social de encerramento das atividades;
      • Orientações e auxílio ao cumprimento de obrigações tributárias acessórias para associações e demais entidades sem fins lucrativos;
      • Cálculos trabalhistas: folha de pagamento, rescisão, férias, 13º salário;
      • Finanças pessoais e empresariais;
      • Auxílio Emergencial: orientações e esclarecimentos sobre o benefício.

      O Núcleo de Apoio Contábil e Fiscal da FADERGS está realizando orientações online.

      O contato pode ser feito através do e-mail: [email protected] ou do WhatsApp, (51) 98037-8267 ou atendimento virtual ao vivo, aos sábados, das 9h às 12h, clicando aqui. Para atendimento, basta informar qual o serviço que deseja e a equipe entrará em contato, informando a documentação necessária.

      Os atendimentos são acompanhados pela equipe do NAF, formada por alunos e professores da FADERGS.

  • Balanço Social

    • 2021

      Acesse aqui o Balanço Social 2021 da FADERGS.

      Acesse aqui o Balanço Social 2021 da Ânima Educação – Regional Sul (145 MB).